Andei pensando…

25 maio

Estive pensando ultimamente (depois de algumas boas análises e tal)… Aonde, por que e em que  as pessoas buscam felicidade?

Pensei bastante e notei que as respostas não eram tão boas. Bonito é dizer “ah, quero uma familia feliz, saúde, muuuuito dinheiro no bolso, harmonia, um carro bacana, uma casa grande e boniita, amigos verdadeiros…”. É lindo.  Mas será que para ter isso nós vamos precisar passar por cima de pessoas e fazer  até mesmo o impossível? Sim, nós faremos.

Quando se trata de nós mesmos, somos capazes de fazer qualquer coisa. Faz parte da natureza humana ser egoísta. A diferença é que algumas pessoas escolhem por evitar esse tipo de coisa.

Mas é errado querer ter o melhor, desejar coisas terrenas? Claro que não, não é errado. Afinal, todo mundo quer ter coisas boas, legais. E isso não é nenhum problema. O problema é deixar que essas coisas se tornem prioridade em nossas vidas, fazendo assim com que sejam nossa fonte de felicidade. Isso sim é errado.

Hoje em dia vivemos numa sociedade em que o essencial para se viver é ter dinheiro. Pessoas passam suas vidas inteiras lutando para ganha-lo em grandes quantidades. É errado? Dependendo da intenção, sim. Dinheiro não traz felicidade. Ele só pode comprar muitas, muitas coisas. É legal ter dinheiro, poder comprar coisas. Todo mundo gosta. Mas virar escravo de coisas terrenas, depender delas para ser feliz e ter como prioridade, adorar (literalmente) tudo o que temos de material é legal, é algo bom? Discordo.

Lembro-me perfeitamente da minha infância. QUALQUER coisa, não importava o quão besta fosse, era O MÁXIMO pra mim. Mas eu não era a única criança feliz, todas eram. Engraçada essa capacidade que criança tem de se contentar com tão pouco, não é mesmo? Crianças se alegram no pouco e no muito! Crianças são um barato! Te amam pelo que é, são dependentes, sinceras… Deveriamos voltar a ser assim .

     Comecei a pensar quais eram minhas prioridades. Sim, elas foram mudando com o passar do tempo. Afinal, eu mudei bastante, né? Então reparei que, assim como eu, elas evoluiram: Além do meu relacionamento com Deus (que está em primeiro lugar), tenho muuitas coisas com que me alegrar. E adivinha só: a maioria não é terrena! Além de Deus com seu amor àgape (1° Coríntios 13). AMO moda, amo comprar esmaltes… mas se um dia eu tiver que escolher entre eles, familia, amigo e Deus, certamente abrirei mão de toda a minha coleção.

Troco sem nem pensar duas vezes. NADA se compara às minhas tardes de ensaio do coral, madrugadas regadas a chocolate, filmes de terror, gritos e muitas risadas com a melhor amiga, passar tardes em casa com a família… É disso que eu gosto. Sem contar as incriveis experiências com Deus. É nEle que está a verdadeira felicidade! Simples assim. Quando vivemos a simplicidade de Deus, as coisas mais simples, são as que mais amamos. É o que procuramos, meu prazer está nisso.

Os detalhes fazem toda a diferença.

Ah, pra finalizar, um beijo da T.tona para a melhor amiga 😉 HAHAHAHAHA

Beijobeijo,

G. Bless.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: